terça-feira, 3 de maio de 2011

Let's Rock!


Ah o rock, amado por muitos e detestado por alguns. Hoje tem tantas vertentes, tantas "variedades" de rock que até eu fico meio perdida. Porém o rock originalmente dito surgiu lá pelos anos 50, juntamente veio o nosso querido Rockabilly. Na união desses dois ritmos é que foi "dada a largada" para o surgimento de novos segmentos, o pessoal foi desenvolvendo (ainda mais) o folk, o jazz e afins. E aí o que aconteceu?! Mais "misturebas"! Lá nos anos 70, depois de vários "experimentos" então surgiu o funk (não, não é o funk carioca rs) e o jazz, graças a influências latino americanas e negras. Surgiu também o rock psicodélico, surf music, maior expansão do folk e também do rock britânico, com os nossos queridinhos, Beatles. Mais pro final dos anos 70, beirando os anos 80, vieram então o garage rock, progressive rock, glam rock, hard rock, arena rock e também um pouco de punk. Chegados os anos 80 (ah os anos 80!!!) o punk ganhou um espaço ainda maior, devido ás letras de manifesto e crítica ao sistema. Os jovens começaram a se identificar ainda mais com o movimento todo e então vieram as bandas de hardcore, underground, anarco punk, skate punk, hardcore melódico, heavy metal, ufaaaa...  Depois de toda essa explosão, veio a "calmaria" com as bandas new wave e também o glam metal, onde as letras começaram a se tornar mais obscuras e amargas, com alguns sons eletrônicos e então a guitarra passa a ser coadjuvante. Finalmente nos anos 90, tivemos mais uma explosão de vertentes. Surgiram então o grunge, progressive metal, indie, death metal, black metal, vicking metal, industrial, alternative metal e ufaaaa mais uma vez. Estava tudo tão bom.. Aí la em 2000 o rock.. Cadê o rock?! Sim, o rock perdeu e muito sua força. Mas ainda assim, algumas poucas bandas surgiam pra "salvar" o nosso velhinho. Hoje, pessoalmente, eu não conheço nenhuma banda de ROCK, não mesmo. Na realidade eu acho até que o rock tem sido "difamado" por essas coisas estranhas que chamam de bandas, mas que pra mim são um bando de adolescentes sem futuro e sem objetivos enfiando merda na cabeça de outros adolescentes também sem futuro (ah se fossem meus filhos!).
Enfim, desde sempre o rock é amado e odiado, falam que é do diabo, que é barulhento, que milhares de coisas... Mas só quem realmente AMA o rock vai fazer com que ele seja lembrado e revivido, geração após geração. O bom do rock é a história dele, que revolucionou e deu um "chacoalhão" na sociedade, e que por mais velho (leia-se clássico) que seja esse estilo e por mais velhas (leia-se clássicas) que sejam as bandas, as letras sempre têm algo a nos dizer...





E prometo que mais pra frente vou falar mais especificamente sobre algumas (ou todas) as vertentes.. Aguardem ;)

3 comentários: