sábado, 11 de junho de 2011

Dia dos Namorados

"O dia dos namorados foi inventado pelas indústrias de cartões para deixar as pessoas tristes..."
Joel Barish - O Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças



Enquanto as pessoas (encalhadas) fazem piadinhas idiotas com a data, eu prefiro ficar aqui quietinha na minha... Não nego que essa (e várias outras datas comemorativas) sempre me deixaram meio "down". É tipo Natal, que você fica pensando em tudo o que viveu durante o ano e bla bla bla. Pois é, pra mim dia dos namorados é assim também. Não que eu me sinta sozinha (não que isso não aconteça também) mas que eu fico ainda mais pensativa. Penso em todas as coisas que passei com pessoas que foram MUITO especiais na minha vida, alegrias, tristezas, raiva, sofrimento, momentos inesquecíveis (bons e ruins). Sempre disse e repito, até o exato momento, não me arrependo de nada que vivi, e faria tudo denovo. 
Enfim, são só pensamentos soltos, divagações e tal... Só tenho vontade de dar um grande abraço nessas pessoas que passaram pela minha vida e que foram tão especiais pra mim.. Sintam-se abraçados.

2 comentários: