sábado, 31 de dezembro de 2011

Adeus velho, feliz novo.

Mais um ano chega ao fim e muitas pessoas ficam pensando no que fizeram de errado esse ano para não repetirem no próximo, prometem perder 7kg, encontrar um namorado perfeito, não chorar por bobagens..
E eu pergunto: você realmente acredita nisso?!
Acho válido o fato de manter as esperanças e de desejar coisas boas, mas precisa ser somente na virada de ano?! Por quê não pensar assim sempre? Por quê não fazer doações, pedir perdão, prometer e tentar cumprir em dias “comuns”?!
Todo dia é dia de mudança, dia de esperança no novo, dia de tentar e re-tentar. A mudança que muitos esperam as vezes acontece a qualquer momento ali, bem na frente de nosso nariz, e não percebemos.
As pessoas se prendem a ilusões e a coisas que nunca darão certo se elas não se empenharem.  
Então que tal, já que é ano novo, tentarmos ser assim nos próximos 366 dias (pq 2012 será ano bissexto). Que tal tentar ser diferente todos os dias?! Que tal exercitar o desapego, a intensidade, o amor ao próximo durante o ano todo?!  Garanto que a felicidade e as realizações que você tanto espera vão aparecer muito mais rápido do que você imagina ;)
                             Feliz próximos 366 dias, e muitos outros!


Da série: Cenas clássicas do cinema, feitas com lego *-*











terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Pequenos devaneios...

Escrevi esse "momento de saco cheio" dia 19/12, tava sem pc, não tinha nada pra fazer e realmente não havia sido um bom dia. So..

Sabe, nos ultimos tempos, tenho deitado em minha cama e logo me vem a pergunta "como foi que eu deixei ficar assim?".
A minha vida nunca foi das mais incríveis ou das mais divertidas, mas tive sim bons momentos, todos temos..
Que fique bem claro, isso não é um desses balanços de Natal sabe, eu penso esse tipo de coisas o tempo todo. Os últimos 5, 6 anos da minha vida tem sido extremamente difíceis, não sei dizer se foram os problemas que aumentaram ou se fui eu que diminuí diante deles...
Depois da depressão principalmente, tem sido tudo muito estranho, muito triste, sem explicação.
O que eu posso garantir é que não sou mais a mesma, e devo admitir que em grande parte, minha mudança foi pra pior.
Sim, eu aprendi muitas coisas, mas isso tudo me fez muito mal..
Me sinto totalmente impotente diante de algumas situações e quando eu falo, ninguém acredita, mas acho que o meu senso de responsabilidade acaba piorando tudo.
Eu infelizmente tenho a mania de pegar todos os problemase angústias pra mim, fico tentando arrumar soluções, mas elas nunca aparecem..
Esse papo de "dor é inevitável mas sofrimento é opcional" comigo não rola, é papinho. Ninguém sofre por quê quer, ou por pirraça, muito menos pra "se divertir". E não, eu não sou coitadinha ok. 
A verdade é que quando percebemos que estamos frágeis tudo fica muito mais difícil. 
Eu tô em um desses momentos "entre a cruz e a espada" sabe, e seja la qual for o caminho que eu vá tomar eu sempre vou pensar que deveria ter feito diferente. Eu nunca sou suficiente pra mim, essa é que é a verdade.
Aprender a desatar nós não é uma tarefa fácil, e olha que já desatei vários deles.
Queria que as coisas fossem e acontecessem do modo como sonhamos e idealizamos, mas isso já é querer demais né..
Mas eu só queria, ao menos um pouquinho que fosse, sentir como é o sabor da felicidade, da realização. E como pedido pro Papai Noel, quero saber ser irresponsável, claro que também quero poder resolver esse monte de problemas que recheiam a minha cabeça, mas quero poder aproveitar mais a vida. E acho que não sou só eu que penso ou desejo isso.



Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.
 
Charles Chaplin

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Evangélica esquarteja os pais por dívida de dízimo...

Acima, Lineusa Rodrigues da Silva se ajoelha na delegacia no último domingo, 25 (Foto: Reprodução/MeioNorte.com)

Frequentadora de uma igreja evangélica, Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, matou os pais como uma machadinha porque eles não deram o dinheiro do dízimo. O crime, cometido no último domingo, chocou a cidade de Timon, no Maranhão.

O inferno é mesmo pavimentado com boas intenções. De tanto que queria pagar o dízimo à sua igreja, Lineusa matou os pais adotivos a golpes de machadada. Joana Borges da Silva, 104 anos, que mal se levantava da cama, e Lourival Rodrigues da Silva, 84, tiveram as mãos esquartejadas com um serrote e foram seguidamente golpeados com um pedaço de pau.

A jovem foi encontrada pela polícia depois de receber ligações dos vizinhos que ouviram barulhos estranhos durante a noite. Ela confessou o crime e relatou os detalhes dos assassinatos. A delegada da Central de Flagrantes de Timon, Wládia Holanda da Silva, disse que os corpos ficaram totalmente irreconhecíveis. “Em toda a minha experiência como delegada nunca tinha visto nada parecido”, disse ela ao MeioNorte.com.

 Acima Objetos usados por Lineusa no assassinato dos pais (Foto: Reprodução/Telacrente)

Lineusa acumulou dívidas de dízimo junto ao pastor da igreja que frequentava, e justificou os assassinatos pela religião. “Eu fiz por Deus”, disse a estudante, que chegou a se ajoelhar na delegacia.

Adotada com cinco meses pelo casal, Lineusa vinha discutindo com os pais adotivos há algum tempo, segundo informou a filha do casal assassinado, Francisca Oliveira da Cruz. Ela também contou que Lineusa tem histórico de problemas mentais.

Não dá para saber quem fez pior, a assassina, que foi levada a cometer um crime em nome do fanatismo religioso, ou do pastor que, sabendo da condição da jovem, fazia qualquer tipo de cobrança.
                 __________________________________________________

Até quando?! ¬¬

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Personal trainer fica obeso para entender o que um gordo sente

É isso mesmo que você leu! hahaah Passeando pela web me deparei com essa curiosidade..


Seis meses. Esse foi o tempo que o personal trainer Drew Manning, de 30 anos, precisou para abandonar o corpo enxuto e cheio de músculos e se transformar em um barrigudo. O americano engordou mais de 35 quilos e passou de 87 quilos para cerca de 120 quilos, segundo o jornal “Daily Mail”. O objetivo do seu projeto é entender o processo físico, emocional e cerebral durante o ganho e a perda de peso para, depois, poder ajudar a outras pessoas. Drew quer perder o peso ganho nos seis meses nos próximos seis meses.



“Quem está acima do peso tem que superar as barreiras físicas e emocionais quando se trata de perder peso. Espero compreender melhor isto no próximo ano, através da minha experiência”, disse.

Tudo que o personal trainer tem enfrentado é relatado em um blog que ele criou: Fit to Fat to Fit. Ele conta, por exemplo, que a mudança afetou bastante a sua vida. Ele diz que não tem mais o mesmo fôlego nas brincadeiras com a filha e que também se sente menos seguro com a mulher. Além disso, o nível de testosterona reduziu para o nível de um adolescente a ela ainda precisou comprar roupas novas.

“Ele costumava ajudar a lavar a louça, na limpeza e outras tarefas da casa, mas agora ele não tem a energia. Eu disse a ele: ‘Você virou o típico marido preguiçoso americano”, contou a mulher de Drew.

E olha como ele era e como estava no fim do "engordiet":




E agora em 03/12/2011:

Waist: 44.5" (113cm)
Chest: 44" (112cm)
Neck: 17.5" (44.5cm)
Hips: 48" (122cm)
Biceps: 17" (43cm)
Weight: 246.4 lbs (111.5kg)
Height: 6'2"



Eu achei interessante isso tudo cara, acho que essa experiência poderá ajudá-lo a lidar com os alunos e tudo o mais... E aí pessoas, o que acharam da iniciativa do moço? 



Eu confesso que achei ele mais simpático gordênho viu

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Candy Color

E ai pessoas lindas? Tudo suave?!
Estou aqui pra falar da minha mais nova novidade (pleonasmo!). Não é de hoje que eu pinto e bordo com meus cabelinhos, e me apaixonei a primeira vista pela Candy. Geralmente as tintas fantasia nacionais, até são boas, mas não tem aqueeeeela duração e sempre são muito caras. E as importadas, que geralmente duram mais, têm um preço bastante salgado!
De tanto pesquisa de cá, pesquisa de lá eu descobri a Candy, que é uma tinta fantasia NACIONAL, foi lançada em 2010 no mercado e vem conquistando os cabelos da galera. Enquanto as outras tinturas têm uma textura em creme, a Candy tem uma textura em gel, o que a faz render ainda mais!
Ela tem 18 cores, uma mais linda que a outra! (e que eu vou usar uma a uma ainda!) 
Ela dura em média aí de 6 a 40 lavagens, claro que isso vai de tom pra tom. Eu estou usando a Indigo Blue e já lavei umas 10 vezes e continua bonitona.
Mas a novidade é que eu, tenho muito orgulho em dizer, que consegui virar representante dessa belezura ^^
Siiiiim, eu estou vendendo as lindas "cores de doce" e espero que gostem, por quê eu AMO lidar com isso tudo!
Ai vão as cores... 





Apaixonantes as cores né pessoas *---*
Eu tô vendendo na camaradagem a R$27,00 + frete o frasquinho de 130ml. Mas como é meu lançamento como vendedora e como é final de ano, se comprar acima de 2 frasquinhos, cada um sai a R$25,00 + frete. Bom né!? Agora é só comprar \o


Beijinhus!!!!